terça-feira, 13 de setembro de 2011

Novos Tempos, esperanças renovadas

Neste último final de semana muitos de nós, moradores da Fase 02, recebemos com alegria a volta do Informativo da nova Administração. É claro que esse grupo, que nasceu pequenino e foi aos poucos crescendo e agregando novos moradores de todas as fases, não poderia deixar de comentar aqui um pouco do que ali está publicado.
O Informativo é um elemento importante de comunicação entre síndico e condôminos, pois muitos, atribulados pela rotina, tomam ciência das coisas que estão acontecendo, das decisões da administração e outras coisas, via esse pequeno jornal, que era muito atuante na época do Antonio Carioca na gestão do Edilso, andou um pouco sumido nos últimos meses, mas agora com o Nivaldo esperamos que seja retomado com muita frequência.
Gostaríamos aqui, como Grupo Mais Cantegril, agradecer imensamente o texto publicado pelo José, assessor jurídico do Condomínio sobre o processo democrático, tranquilo e transparente com que foi conduzido o processo eleitoral de 16 de agosto. Obrigada, Dr. José pelo seu apoio em relação a demonstrar que passadas as eleições o síndico deve administrar para todos e com todos, pela sua clara inconformidade e descontentamento com alguns excessos como declarações levianas e caluniosas (que obviamente foram atos extremados de pouquíssimas pessoas). É muito bom saber que podemos contar com alguém que está sempre disposto a lutar em prol do que o melhor para o condomínio, ou seja, para a maioria das pessoas que moram aqui. Queremos publicamente também registrar nosso elogio ao Lontra que tão bem conduziu a Assembléia, possibilitando criar um clima de fraternidade ao final.
Bom e queremos também  parabenizar ao Nivaldo e seus conselheiros pela vitória, ficamos contentes em ver que deixas claro no Informativo que estarás sempre aberto a receber as demandas e solicitações dos moradores, mantendo um canal de diálogo sempre aberto, bem como agregando à Administração outros moradores, sob a forma de conselheiros voluntários (que funcionaram muito bem na Gestão 2010). E como primeira sugestão, fica aqui a dica: quem sabe tornar pública as datas e horários das reuniões do Conselho para que mais moradores possam ir assistir e se juntar ao grupo de colaboradores? Muitos são novos moradores e pelos emails recebidos aqui no blog, tem muita gente boa querendo ajudar a construir cada vez um Cantegril melhor para todos!

10 comentários:

  1. A volta do Informativo é realmente muito bem vinda, pois é uma das maneiras de manter o diálogo entre administração e condôminos, facilitando o acesso, propondo mudanças, dando esclarecimentos, informando sobre as atuações durante o mandato. Excelente iniciativa de nosso Síndico, podemos perceber claramente suas boas intenções ao propor uma administração transparente e acolhedora, como deve ser uma administração de condomínio tão grande como o nosso.
    Estou realmente contando com nosso síndico para que as coisas funcionem e, para isso, estarei sempre disposta a trazer ao conhecimento problemas que venham a existir, discutir soluções, dialogar... ou seja, participar de forma integral, como condômina. Para isso, acho excelente a sugestão para que os horários de reuniões do Conselho sejam divulgados para que possamos participar.
    Abços.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde

    A citada sugestão de ser passado aos moradores as datas e horários das reuniões do conselho já tinham sido solicitadas em assembléias. Só que nunca foram colocadas em prática pois já aconteceu de um morador querer participar e não ter sido atendido em administrações anteriores.

    Bem como as atas serem lidas no final das assembleias para saber se realmente o texto condiz com desenrolar da reunião e evitar novos gastos em corrigir em próxima assembléia para que seja novamente repassada aos moradores.

    Quanto ao comentário do assessor jurídico seria interessante também, já que ele acompanha há mais de dez anos vários condomínios um texto falando sobre os condomínios os quais estão colocando em suas convenções, a questão das procurações. Nosso vizinho, Buena Vista, em sua convenção consta que apenas cada morador presente nas assembléias leve apenas uma procuração pois assim uma só pessoa não concentra o voto de muitos. Somente assim pode-se dizer e comentar o que é ser uma eleição moralmente democrática e não aquela total falta de desrespeito com as pessoas que realmente se interessam pelo condomínio.
    Quem sabe o Dr. Vendrusculor como assessor jurídico de todos os moradores da fase 2 não levante essa bandeira? Se é que ele recebe este blog....vocês não poderiam enviar a ele essa sugestão?

    ResponderExcluir
  3. A possibilidade de voto por meio de procuração é um excrescência que tem de ser eliminada o quanto antes do nosso Condomínio. Evidentemente que o grupo que se empoleirou no poder há alguns anos não tem intersse nessa ideia. Talvez tenha quando perder uma próxima eleição justamente pela utilização desse instrumento por chapa contrária. Afinal, o feitiço sempre vira contra o feiticeiro. De todo modo, sou contra o uso de procurações.

    ResponderExcluir
  4. Bem, eu não fui uma das felizes contempladas com o informativo, apesar de morar na Pitangueiras, no início da Fase 2. Como faço para recebe-lo?

    ResponderExcluir
  5. Oi Rosane sugiro que ligues para a portaria e comunique o fato ao Ezequiel, com certeza ele providencia para que uma copia chegue até você. Se quiser posso escanear a minha copia te mandar por email.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da idéia de iniciarmos um movimento excluindo as procurações para eleição de síndico e conselho. Deveríamos acompanhar o que muitos condomínios estão adotando: é permitido apenas 01 procuração por condômino.
    Se queremos uma eleição realmente Democrática e Ética temos que considerar que não podemos ter condôminos que votam com 15 procurações. Como nosso assessor jurídico tem mais de 20 anos de experiência em condomínios, poderá nos ajudar indicando como tantos outros condomínios estão regrando a prática das procurações. Que acham de propormos ao nosso síndico este movimento?

    ResponderExcluir
  7. Ratifico minha satisfação na volta do INFORMATIVO, somente com o esforço da coletividade é que teremos o bem da coletividade, "acho que já li estas linhas
    em outros informativos", agora realmente só
    faltam surtirem efeitos para serem avalizados
    por todos os moradores. " A Administração
    irá atuar de forma clara, objetiva e responsável" é o mínimo esperado de um grupo
    que vem perpetuando "DEMOCRATICAMENTE" o comando administrativo do CANTEGRIL FASE II.
    Mas, agora vejo uma luz no fim do túnel, com o texto publicado pela nossa Assessoria Jurídica,
    acredito que a ÉTICA finalmente será incorporada em nosso condomínio, não teremos mais acusações levianas como as que sofri durante o dia da eleição, não teremos retaliações contra moradores que por um motivo ou outro resolveram trocar o voto e até a participação em outra chapa. Nosso novo SÌNDICO
    cumprirá as regras de condutas previstas na Convenção e no Regimento Interno de forma
    "IGUALITARIA".
    Sendo assim só posso dar os parabéns ao José Vendrúscullo por esse maravilhoso texto.

    REFLEXÃO PARA A PRÓXIMA ELEIÇÃO :

    * SER ÉTICO É TER PRINCÍPIOS DE CONDUTA *

    DENTRO DESSE PENSAMENTO FICA MUITO CHATO
    NAS PRÓXIMAS VOTAÇÕES EM NOSSAS ASSEMBLÉIAS
    A PARTICIPAÇÃO DOS CONDÔMINOS , POIS AS MAIS
    DE 80 PROCURAÇÕES NAS MÃOS DE 4 OU 5 PESSOAS
    JÁ DECIDEM TUDO, ESVAZIANDO AINDA MAIS AS
    ASSEMBLÉIAS. QUE TAL SE LIMITÁSSEMOS UMA
    PROCURAÇÃO POR CONDÔMINO. FICA A SUGESTÃO !

    UM ABRAÇO A TODOS
    E MUITO OBRIGADO A TODOS QUE COMPARECERAM
    NA ÚLTIMA ASSEMBLÉIA.

    ANTONIO BOELHOUWER (9185-4856)

    ResponderExcluir
  8. Carlos Gusatti - Lote N116 de setembro de 2011 08:49

    Seria mesmo ideal tornar públicas as datas e horários das reuniões do Conselho, permitir que outros moradores possam assistir, conhecer e entender o real motivo de certas normas e regras estabelecidas, que por decisão do conselho são definidas para atender as necessidades coletivas e, não específica para alguns moradores individualmente. Muitas vezes, sem conhecer ou entender, recebem tal norma e critica-se muito por estar obrigando-o a mudar seu costume usual, que sem saber, está incomodando seus vizinhos.
    Também sou solidário com a volta do Informativo, realmente é um elemento importante na comunicação, principalmente, de muitos que pouco tempo dispõem para participar ou acompanhar as coisas comuns do condomínio. Assim sendo, para ajudar e contribuir, a Administração pode contar comigo na reprodução dos mesmos, como foi no passado. Sou profissional nesta área, com minha experiência posso opinar ou sugerir no sentido de melhorar a forma de apresentação do Informativo, na sinterização, redução de custos, evitar que os funcionários do condomínio deixem de cumprir outras tarefas para entrega/busca externa e, trabalhos de acabamentos (dobras ou grampeamentos), utilizar melhor os espaços das folhas, também papel reciclado o que é ecologicamente correto. Tenho certeza que o síndico poderá publicar com mais freqüência as coisas realizadas com menos preocupação com grandes custos ou transtornos inconvenientes.

    ResponderExcluir
  9. A Prática da Democracia

    Como é positiva a prática de democracia, após as eleições podemos avaliar
    como as pessoas agem e se comportam em um processo eleitoral.
    Neste país com pouco mais de 20 anos de eleição direta para Presidente
    podemos constatar uma sociedade ainda marcada por atitudes conservadoras e
    preconceituosas quanto a gênero (masculino, feminino), quanto a opções sexuais, a
    posições políticas e a prática de rotular (classificar) as pessoas sem conhecê-las.
    É importante lembrar que a sociedade tem avançado quanto à igualdade
    e a liberdade de expressão e que também somos responsáveis por nossas ações e
    afirmações, inclusive judicialmente quando estas ofendem a honra de um cidadão.

    Lenio Fraga

    ResponderExcluir
  10. A Ética dos Condomínios

    Importante o texto do Assessor Jurídico sobre ética nos condomínios, foi
    uma explanação bem interessante. Entendo que faltaram algumas considerações
    quando afirma que o síndico cumpre e faz cumprir as regras de condutas previstas na
    convenção e no regimento interno, faltou mencionar também as decisões aprovadas em
    Assembléia.
    Sobre o voto ser facultativo e não obrigatório nos condomínios, entendo que o
    uso de procurações em excesso utilizado por alguns condôminos não reflete posição da
    maioria dos presentes nas assembléias, fazendo com que algumas pessoas se perpetuem
    nas administrações. Talvez esta prática de ser representado através de procuração seja
    reflexo do desinteresse das pessoas pela política na sociedade.

    Cristina Passos

    ResponderExcluir

Solicitamos que os comentários sejam assinados e identificados para serem postados;
Obrigado. Grupo MaisCantegril.