domingo, 11 de agosto de 2013

ATENÇÃO! SITUAÇÃO DELICADA COM A PASSAGEM PELO CLUBE CANTEGRIL

Soubemos que os síndicos receberam um comunicado do clube informando que a nossa van e as vans escolares não poderiam mais transitar pela área do Clube Cantegril após o dia 15/08, assim como este impedimento estaria vinculado ao pagamento de parte do conserto da malha viária do clube. Pensávamos que a administração informaria aos condôminos, para que as pessoas se organizem para este problema caso o clube cumpra o que escreveu no comunicado.
Em passado recente havia um acordo judicial de passagem dos condôminos da Fase II pelo clube, que inclusive permitia a construção de uma portaria independente da atual para ingresso ao condomínio.  Na época, o clube impediu a passagem dos moradores que pagavam apenas o “direito de passagem” e exigiu que todos se associassem, porém apenas poucos moradores, em torno de 10, se dispuseram a “lutar” pelo “direito de passagem” pelo clube exigindo o cumprimento do acordo judicial, mas foram vencidos e porquê?  Por que, infelizmente as administrações do Condomínio Fase II não fizeram a sua parte no acordo judicial com o clube, que conseguiu reverter este direito dos condôminos da Fase II na justiça por descumprimento do acordado.
Se o clube cumprir com esta ameaça teremos um imenso problema, não é mesmo?
Se os condôminos não se mobilizarem para exigir a solução para esta situação, com certeza não teremos mais a Van do condomínio nem as escolares entrando pela portaria do clube. 
E por onde entrarão? 
Até a questão ser resolvida, como as pessoas que pegam seus ônibus na Av. Sen. Salgado Filho irão até lá? 
As Vans escolares entrarão pela Fase IV? 
Os serviços de tele-entrega se recusam a entrar pela portaria da Fase IV à noite. 
E as Vans escolares que se negarem e desistirem de realizar o serviço para o condomínio?

A solução deste problema está na união e participação dos condôminos!


O momento é agora!

15 comentários:

  1. Na realidade não existe um "clube" cantegril. Há os proprietários que arrendam e locam una propriedade, que vai se deteriorando a olhos vistos. Aquela entrada nem parece de clube familiar, com os outdoors de shows. Tem vezes que parece que entramos em um bordéu de quinta categoria. E aquelas placas de propaganda no que era uma alameda aprazível? Agora é um caminho visualmente poluído e feio. Acho que está na hora de arrumarmos nossa entrada pela Fase I. Talvez saia até mais barato e rápido chegar na RS 040. Marcus H22 e H23

    ResponderExcluir
  2. Acho que uma das soluções além de brigar e entrar na justiça de forma coletiva, é nos unirmos para resolver de definitivo todos os problemas com o club. Reformar a entrada pela IV e nos tornar independente do club. Não podemos ficar a merce da vontade do Sr Pinto. Tem como criar este acesso alternativo? iluminando a rua de chegada, calçando. O club vai ficar de frescura e começar a crescer o olho, vamos cortar o que querem e mais o que já recebem, tem que levar uma rasteira para aprender. Depois vem com esta de estamos falido. Outra coisa a perda de Van é exclusividade somente do II e IV e o III como fica nisto? Conversamos com porteiros nos disseram que esta tudo resolvido, o que esta resolvido? Precisamos de um advogada aqui de dentro do condomínio que se sinta a vontade de contribuir e vamos entrar na justiça de forma coletiva aqui e em Porto Alegre , pois tenho minhas dúvidas das resoluções que saem daqui.



    Silvia Mahlmann

    ResponderExcluir
  3. O piso entre a portaria até o início da lomba interna (asfaltada) que leva às diversas fases está péssimo... quase intransitável.
    Pessoas que, como eu, associaram-se ao Clube Cantegril EXCLUSIVAMENTE para buscar um acesso com melhor pavimentação do que os oferecidos pela Ospa ou Beco dos Soares e, principalmente, por melhores condições de segurança, no primeiro quesito devem estar completamente frustradas. O piso mais parece um circuito para teste de molas e amortecedores dos veículos.
    Agora, ao invés de asfaltar aquele pequeno trecho, optam por proibir o trânsito de VANs...
    Proibir o trânsito das VANs não é a solução... a solução é usar o dinheiro que pagamos todos os meses para pavimentar aquele trecho com asfalto ou, na pior das hipóteses, fazendo manutenções periódicas e frequentes nos paralelepípedos...
    Augusto Ferreira - AH2 (Fase IV)

    ResponderExcluir
  4. Caros,

    Em minha opinião se fizermos uma chamada extra de r$ 100 por mês, em um período de dois anos arrecadamos o suficiente para comprar uma fração de uns 10m de largura do seminário (da 040 até o condomínio) e construímos uma entrada independente e consequente nos livramos do pedágio.

    Rogério bo 13

    ResponderExcluir
  5. Mas, de quem foi essa ideia que as Vans são as culpadas pelos estragos das vias no Clube? Ora...ora..., se assim fosse, as ruas dos condomínios também estariam avariadas pelas mesmas Vans, sendo que, transitam pelas mesmas os caminhões carregados com materiais de obras e, que NÃO passam pelo clube.
    Pergunto ao ilustre presidente do Clube. Qual será o pedágio para os ônibus e carretas que circulam pelas vias do Clube com equipamentos de áudios e decorações para as festas no salão social?
    Carlos Gusatti – N-01

    ResponderExcluir
  6. SOU CONDÔMINA DA FASE II, DO CONDÔMÍNO CANTEGRIL. E, NA ÚLTIMA QUINTA-FEIRA QUANDO RETORNAVA DO TRABALHO, APÓS UM DIA CANSATIVO, RECEBI O AVISO DO FUNCIONÁRIO DO CLUBE QUE ESTAVA NA PORTARIA QUE A PARTIR DO DIA 15/08/2013 NÃO PODERIA MAIS USAR A PASSAGEM PELO CLUBE. SOU UMA DAS PRIMEIRAS MORADORAS DO CONDOMINIO E SEMPRE USAMOS A PASSAGEM LATERAL QUE VIABILIZAVA O ACESSO A FASE DOIS, HJ FECHDA PELO CONDOMPINIO. A MINHA QUESTÃO É A SEGUINTE: APÓS O DIA 15 QUAL O ACESSO QUE TEREI A MINHA RESIDÊNCIA JÁ QUE A PASSAGEM LATERAL ESTÁ FECHADA PELO CONDOMINIO? TEREI QUE BUSCAR O PODER JUDICIÁRIO CONTRA O CONDOMÍNIO PARA GARANTIR O ACESSO A MINHA MORADIA (DIREITO FUNDAMENTAL)?
    CLEUSA FAGUNDES.

    ResponderExcluir
  7. QUAL SERÁ A RECEITA DO CLUBE SE OS CONDÔMINOS E SÓCIOS NÃO PAGAREM O "PEDÁGIO"? COMO O CLUBE SE SUSTENTA? ACHO QUE A UNIÃO É AGORA. ANA CRISTINA AJ7 FASE 4

    ResponderExcluir
  8. Acho que precisamos comparecer em peso na Assembléia da Fase II dia 15/08/2013, para discutir estas e outras questões e escolher representantes engajados e que queiram mudar esta relação com o clube e outras situações aqui dentro da Fase 2. O mesmo reforço aos moradores de outras fases: participação !

    Rafael Mottola Rocha.
    Lote Q-30, Fase 2.

    ResponderExcluir
  9. Augusto A. G. (F4)13 de agosto de 2013 00:25

    Acho bom que isso tenha acontecido. Ajuda a mobilizar e pode melhorar a participação. O atual Presidente do Clube Cantegril é péssimo .. e com essa medida acho que vai acabar dando um verdadeiro "tiro-no-pé"

    ResponderExcluir
  10. Acho que foi um baita tiro no pé. Os anunciantes é óbvio irão querer seu dinheiro de volta já que ninguém vai mais passar por ali. Se os condôminos não pagarem mais o que vai ser do clube. Já pensaram na segurança das nossas crianças, proibindo a entrada das Vans, penso que não.
    Ida.

    ResponderExcluir
  11. Cada vez mais fico abismado com as "trapalhadas" dessa Administração do "Clube". O "Clube", além de ter uma entrada com aspecto horrível, é totalmente deficiente em suas vias de acesso, possuindo pavimentação precária em alguns pontos, iluminação "deficiente" e sinalização praticamente "inexistente". Essa "Administração" nem mesmo sabe plajenar serviços de manutenção do Clube. Qual pessoa em sã consiência faz obras de pavimentação "externa" em pleno inverno (época de muitas chuvas)? Pelo que percebe-se não são obras "emergenciais". Não bastando esse "equívoco", agora surgem as "proibições no acesso". É um absurdo ser obrigado à pagar "taxa de PEDÁGIO" ao Clube e nem mesmo ter direito aos serviços de Van. (Anderson - T17/FII)

    ResponderExcluir
  12. Acredito que a valorização dos imóveis está vinculada ao clube.
    Assim, ambos perderiam se desvincularem o clube do condomínio
    No entanto, o acesso pelo clube é precário necessita reforma
    Assim entendo que a melhor solução seria reivindicar uma maior participação dos condôminos através de seus representantes na administração do clube, principalmente na reforma e manutenção da área de acesso dos condôminos pelo clube.
    Para tanto é necessário a participação de todos
    Afinal o clube necessita de receita para se manter.
    Com o fechamento do clube... todos perdem.
    (Edson FIG5)

    ResponderExcluir
  13. O problema está em que nós, sócios condôminos pagadores de pedágio, não temos voz ativa. Acontece que o Estatuto do Clube Cantegril nos caça o legítimo direito a voto e ao de sermos eleitos para a diretoria do Clube. Tal legislação, contraria o igual direito a todos os associados previsto no Código Civil Brasileiro de 2002 e a igualdade de todos prevista na Constituição. É preciso que alguém represente contra esta aberração estatutária na justiça. Só aí seremos ouvidos.
    Renato Côrte Real - Rua Mogno, 757 - FASE IV

    ResponderExcluir
  14. Bem lembrado ... Edson e Renato C. R. É lógico que a valorização dos imóveis está relacionada c/ o Clube. As pessoas que vieram p/ cá ... pensaram apenas no Condomínio ou levaram em consideração a área + as estruturas do Clube? É uma questão que eu deixo p/ que todos pensem sobre ela.
    O Clube é bonito, amplo, possui estruturas e grande potencial ... Ele (Clube) está precisando da nossa participação. Seu estatuto deve arcaico, como muitos que observamos por aí. Nada p/ os sócios ... nenhum poder. Poder apenas p/ os conselheiros. Este Clube merece uma melhor administração. Deixo mais uma frase p/ reflexão: "Problemas no Clube .. e problemas na F2" Qualquer semelhança é .... rs. A diferença é que na F2 existe mais mobilização, participação e luta por melhorias.

    Augusto A. G. F4

    ResponderExcluir

Solicitamos que os comentários sejam assinados e identificados para serem postados;
Obrigado. Grupo MaisCantegril.